Buscar
  • Rodrigo Calil

O que muda na comunicação para o Dia das Mães?

O Dia das Mães é uma das datas mais importantes para as marcas, que se esforçam para deixar a comunicação cada vez mais conectada com as múltiplas realidades da maternidade, indo além do estereótipo que, durante anos, marcou a publicidade nessa época do ano. Com temáticas como a culpa e pressão pós-parto, agências e marcas conciliam seus objetivos com a data comercial e os debates da atualidade. A transição do retrato materno na publicidade é uma consequência da relação das consumidoras com as marcas, deixando de lado o retrato de um mundo idealizado. “As pessoas querem se reconhecer e se relacionar com marcas que respeitam suas verdades e que nunca são absolutas”. Desse modo, campanhas como a de O Boticário, criada pela AlmapBBDO, que apresenta a temática da culpabilização materna, se fazem tão presentes e importantes para a desconstrução da perfeição tão reclamada nas peças publicitárias.


A agência que foi responsável pela campanha #Maternidadesemjulgamentos, teve como insight uma pesquisa realizada pela Ipsos, em 2021, que demonstrou que 46% das mães brasileiras se sentem julgadas como frequência (para uma média mundial de 38%). Conheça os trabalhos das marcas para o Dia das Mães: Trazendo as pressões do período pós-parto, a Dove apresenta a campanha #OneRealPressure, que mostra a rotina das mães com seus recém-nascidos. A iniciativa faz parte do compromisso contínuo da marca de reforçar a crença das mães e pais na sua capacidade de cuidar dos seus bebés com confiança e apoio.


Ninho, reforça o poder de escuta das mães, e em como essa conexão com os filhos podem fazer a diferença na relação familiar. A campanha 360º criada pela Publicis tem desdobramentos em filmes para TV e mídia out of home.


Também fugindo dos estereótipos de perfeição, o Banco do Brasil apresenta campanha que traz a mensagem “não dá para imaginar mãe melhor”. O filme foi criado pela Lew’Lara\TBWA e retrata a visão das mães e dos filhos sobre as suas relações na infância.




á a Giovanna Baby traz a Síndrome do Ninho Vazio como temática no filme criado pela Fama Mídia. A marca aproveita para apresentar os três kits presentes desenvolvidos para a ocasião.



Com Ivete Sangalo interpretando a música “Você”, do Tim Maia, a Hering convida as mulheres a falarem sobre maternidade real. Por isso, além da cantora, a marca traz um grupo de influenciadoras para abordar a temática. A Estúdio no.302 foi a responsável pela criação do filme.




Fonte e conteúdo completo: https://www.meioemensagem.com.br/

65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo